Os 5 erros mais comuns no Dress Code corporativo

 In Dress Code

O que você faria (ou pensaria) se, ao sentar para jantar em um restaurante chique, fosse atendido por um garçom sem uniforme, vestindo a camisa do time ou com peças rasgadas ou sujas?

Outro exemplo; ao adentrar um consultório médico, não seria desconfortável encontrar uma secretária vestindo um vestido ou saia muito curtos ou com transparências?

Moda é comunicação!

Por incrível que pareça, estes exemplos são mais comuns no universo corporativo formal que em restaurantes ou consultórios, pois a simples não obrigatoriedade no uso de uniformes por parte de executivos de grandes corporações, construtoras, escritórios, escolas, etc., pode ser o estopim para o colapso na identidade visual de empresa.

Preparamos para você 5 erros mais comuns cometidos por executivos e colaboradores no quesito Dress Code:

  1. Abuso de sensualidade (seu local de trabalho não é um ambiente casual, como praia ou balada).
  2. Desleixo com a higiene pessoal ou no cuidado com as roupas e acessórios.
  3. Excessos na hora de tentar exteriorizar o próprio estilo pessoal; Hippie, Geek, sisudo demais, básico demais, sensual demais, esportivo demais, neard demais, etc.
  4. Distrações: alça do sutiã visível, roupa de baixo marcando, botão faltando, peças descosturadas ou desbotadas, sapatos velhos ou mal engraxados, unha descascando, meia branca.
  5. Aspecto colegial. Manter o mesmo visual adolescente que você tinha na faculdade: cabelos à altura da cintura, barba comprida ou mal feita, mochila surrada de nylon que usava na natação, par de tênis que te acompanhou por várias aventuras há 10 anos.

Pense com coerência ao se produzir para o trabalho. Exteriorize o que há de melhor em você. Mostre ao mundo o quão competente e dedicado você é, também através de sua imagem pessoal!

Rumo ao sucesso!

Uma ótima semana a todos!

Start typing and press Enter to search